Estrutura do Airsoft.

Uma estrutura celular delicada, seria essa a denominação perfeita para descrever uma equipe de Airsoft.

Pessoas de varias localidades espalhadas pelo Brasil e ate pelo mundo vem me perguntar qual é o segredo do sucesso da administração, organização e estrutura do GRO,  pois bem, eu resolvi escrever e descobri que o assunto é extenso e muito detalhado, muito cheio de entradas e saídas, com teorias que levam a um pensamento que só deveria ser logico e reto, ao mesmo tempo determinam a necessidade de uma analise por um especialista em psicologia, sociologia, assuntos que não domino nem conheço.

Pessoas, sim, pessoas são o ingrediente principal disso tudo, acredito pela minha experiência que a escolha dessas pessoas, mas isso será um outro texto a ser escrito. 

Vou tentar de forma leiga e em uma linguagem simples e com pouco conhecimento da área explicar, o ser humano é uma reta, deveria ser, e em alguns pontos dessa reta ele tem divisores, momentos que demarcam sua existência e seu aprendizado em sua evolução pessoal, e assim ele cresce e amadurece, bom, assim ficou fácil entender, uma reta e pontos de aprendizado e evolução.  Existem pessoas que aos 17 anos entram em cursos complicados (Faculdades) de se passar com notas altas, tem ótimas notas, estudam, se esforçam, que começam a trabalhar cedo, que são corretas, não fumam, não usam drogas, enfim, existem pessoas e em sua reta de evolução essas pessoas colecionam experiências e amadurecem, ou não.  Pessoas que amadurecem mais cedo e que amadurecem mais tarde, que se tornam ótimos lideres bem cedo e que nunca serão lideres em nada, é fato, nem todos os leões procriam e nem são os alfas em seus bandos, assim são os lobos e os outros animais em suas existências.   Porque o homem seria diferente? Definidos os termos acima de forma simples sobre evolução, linha de aprendizagem e maturidade vamos falar de Airsoft, de times e de gestão.

Ai vira o rapaz de 22 anos e diz assim:

“eu serei o líder do time porque eu sou líder do grupo de projeto na empresa e sou um ótimo líder…”

Nada contra, mas vamos analisar algumas variáveis, sem determinar a pessoa que lidera o projeto, primeiro, as pessoas são “pagas” na sua empresa para seguirem você como líder em um projeto que é o trabalho delas, segundo, existe um gestor um gerente um diretor acima deste líder de equipe que gerencia um projeto de uma determinada área, são só fatos, mas notem como as pessoas reagem; na empresa elas gostando ou não, são pagas, recebem por isso.   No Airsoft a liderança é uma conquista e as pessoas seguem por opção, seguem por devoção, por admiração, seguem as vezes por respeito, seguem por inúmeras razoes, mas seguem por que querem faze-lo, não existem correntes que prendam essas pessoas a um grupo e sim coisas boas, bons resultados da equipe, da gestão, do conteúdo, das boas escolhas que daquele líder e da forma como ele determina a gestão do seu time acontecem, mas isso também é outro assunto.

Como sempre tem os filósofos e os super sábios que vão discordar e dizer que isso ou aquilo, o Airsoft é um universo a parte que se expande a uma velocidade incrível, éramos em pouco mais de 360 times e já passamos de 900 em menos de 19 meses e isso vai continuar se expandindo, então opinião, pensamentos bons e boas praticas sempre terão espaço dentro do seu “sistema solar”, do seu time, seja ele do tamanho que for, e sábio será o líder que der ouvidos ao mais sucinto sussurro, a mais humilde ideia, esse líder que escuta as pessoas que quer que os mais simples possam também deixar a sua marca de forma organizada e coerente é o que vai despontar e se tornar grande assim como seu time.

O time de Airsoft não precisa ter 100 pessoas, ou 200, ou 1200, ele pode ser de 5, de 10 de 15, pode ser o que você quiser, desde que seja também uma “reta” de aprendizado para você e para os seus amigos, isso mesmo, amigos que vão seguir você, sem ganhar nada por isso e deixar que você que tem mais amor e mais paixão e que se mostrou capaz ser esse líder e fomentar, levar o seu time de amigos de Airsoft para frente.

Exatamente como e quem deve ser o líder, não da pra definir, ai seria um texto maior ainda com um monte de variáveis e um monte de teorias, com criticas e apontamentos diversos.   Existe uma explicação de certa forma usando a teoria da “reta” de aprendizado e amadurecimento escrita acima, as pessoas vão se juntando a equipe, desde que sejam boas pessoas e bem escolhidas elas podem como todo ser humano serem desenvolvidas, elas aprendem técnicas de CQB, aprendem a entender um mapa, navegação, aprendem técnicas de combate urbano, aprendem movimentação tática, fazem cursos específicos, Selva, Comandos etc.., enfim, elas vão se apaixonando pelo universo filosófico da vida militar sem serem militares, sendo jogadores ou operadores de Airsoft, eu chamo esses homens de “militares de alma”, e esses homens evoluem ganham experiências no Airsoft e são sábios ou espertos e levam isso para sua vida pessoal, e isso gera o que? Gera amadurecimento que os coloca em momentos de serem também lideres em seus grupos dentro desse time que você criou para ser pequeno e agora se tornou médio, grande ou um gigante e com esse crescimento em numero de pessoas, crescem as suas responsabilidades e as desses homens que gerenciam, gerem, gestam, guiam esses grupos dentro de um grupo maior ainda.

Uma coisa leva a outra, sempre.

*Nem tudo são flores*, não consigo apontar exatamente quando ela surge muitas vezes ela surge em momentos onde o indivíduo encontra-se em um ponto de evolução muito rápido no Airsoft, e nesse momento é que ela aparece.   A Vaidade é uma espécie de fogueira, vamos chamar assim, para poder exemplificar o que esse fogo faz na estrutura de um grupo de pessoas que estão começando a perder a mão e competir entre si.

O Vaidoso geralmente apresenta comportamento agressivo dentro do Airsoft, ele faz alianças com outros menos vaidosos que ele, ele faz o famoso leva e traz, fala mal dos lideres, fala mal dos que são contra a sua ideia ou seus conceitos, só ele sabe, ele desdenha dos conhecimentos de outros desapegados apaixonados que fazem por amor, o vaidoso ele procura alvos para inflamar (queimar) e chamar a atenção enquanto se movimenta e articula com os que tem mente fraca, são pobres de espirito, esses que articulam com o nosso amigo vaidoso irão cair junto com ele, serão parte de um grupo que ira deixar em breve o esporte, não por opção, mas por vergonha de ter escolhido o lado errado e que não agregou nada a sua caminhada no Airsoft.   A tudo bem, você esta sendo radical na descrição, ok, digamos assim, só quem viu de perto a guerra e sua crueldade sabe a extensão terrível que ela traz, e por isso eu uso isso como exemplo, os anos me mostraram coisas bem piores do que escrevi acima.   Recentemente eu descobri o vaidoso maduro, o que aprendeu a se controlar, ele sabe que é uma cobra, mas adora conviver com os ao seu redor, conviver, coexistir faz mais bem a ele que se alimentar deles, então ele usa todo seu “veneno” para o bem, estranho mais possível, totalmente, são pessoas que aprenderam com seus erros e conseguem se controlar.

O texto seria muito grande então resolvi (de novo) dividi-lo em varias partes e classificar por assunto, aqui nós vamos tratar da parte onde a estrutura que existe em um time desaba, porque ela desaba e quando é que isso ocorre, o texto fala também de quem causa, porque isso ocorre, quais são os motivos, e quais as consequências, tudo isso é bem superficial, se colocarmos um profissional da área de recursos humanos e um psiquiatra a gente consegue escrever uma bela tese sobre o assunto.

Vamos ao ato da criação, algumas pessoas se juntam e formam um grupo para jogar Airsoft nos finais de semana, e esse grupo começa a aumentar, em um determinado momento, surge ELE o “líder” ai entram umas vinte variáveis de como esse líder aparece, vamos por aqui um exemplo que ele se intitulou, e vamos colocar que ele é uma pessoa que tem tudo para ser um bom aprendiz e com isso sabe também ensinar, que é um apaixonado pelo Airsoft, respeita as pessoas e tem ótimas características de líder.

Em um outro momento dentro desse grupo, começam a surgir pessoas de todos os tipos e de todas as classes, gente feliz, gente triste, frustrada, insatisfeita com a vida, com seu trabalho, casamentos bons e ruins,  entre inúmeras outras coisas, gente que diverge em religião, em politica, gente desonesta, gente boa, gente ruim, enfim, “gente” e se não existem filtros e avaliações essa gente chega de forma desordenada e sem nenhum controle, sem saber as vezes que existem lideres ali de anos e anos, pessoas que estão nas posições que estão poque evoluíram junto com o grupo e com o time.

Vou ser mais direto aqui, a estrutura em si é uma espécie de coluna formada por pessoas unidas e com a mesma energia, o mesmo caminho a ser percorrido, com os mesmos desejos ou parecidos, o mesmo respeito pelos mesmos valores.   Essa coluna sobe e fica cada vez mais alta e mais grossa, em determinado momento a “vaidade” no vaidoso que não foi detectado e tratada ou não foi identificada porque não existiu um processo de seleção para entrar no time, aflora, vem a tona e ele começa a ser aquilo que ele sabe bem, um desagregador, um leva e traz, um venenoso, uma pessoa que apodrece o que toca, arrogante, sujo e prepotente ele desagrega e enfraquece essa estrutura que citei acima ate que ele consegue naquele grupo de pessoas entre os mais fracos de espirito e personalidade, onde ele se alojou,  romper a coluna, e no caos deste desmoronar ele continua sujando pessoas, desfazendo amizades fazendo intrigas, falando mal, mentindo e destruindo porque simplesmente essa é a realidade da existência dele, algo que ele nunca tentou usar para fazer o bem e construir, e a coluna que era grande e tinha seus 45 operadores, amigos, unidos agora esta em pedaços no  grande salão, tentem visualizar assim para entender e teoria.  

Após o caos da queda, o vaidoso imediatamente junta as pessoas que ele consegue, as que não conseguiu convencer a vir com ele,  ele desagrega, faz de tudo para que elas não se reagrupem, mas geralmente durante o processo ele faz tanta merda que nem com ele muitos querem permanecer e de tanto ele falar mal nem com o líder atual, essas pessoas ou saem do time e do esporte ou criam um terceiro e quarto grupos.

Como você sabe disso ou pode afirmar isso? O Airsoft esta cada vez mais disseminado e mais informação é gerada todos os dias em canais de relacionamento como Whatsapp e Faceboock, essas informações chegam de todos os lugares, e como disse muita gente mesmo pede ajuda, não só para se livrar dessa praga, mas para saber como lidar com ela.

Voltamos ao momento após a queda, quando a poeira começa a se desfazer muitas coisas podem acontecer, saber lidar com as pessoas e escutar elas sempre é um caminho para evitar tudo isso, entrevistas, conversar sempre com cada um dos seus amigos seus operadores, mesmo porque o que ocorre é só um retardo de crescimento, a sua estrutura só deixou de ter uma “doença” que estava corrompendo o seu time, e agora esta livre para voltar a crescer, uma das coisas na vida de um líder que aprende todo dia é saber ver sempre a xicara mais cheia do que mais vazia, um bom líder jamais se intitula ou se acha, e é esse o líder que esta em faze de desenvolvimento, o líder jamais será pleno, ele vai viver e morrer ali, aprendendo todo os dias junto com seu time, enquanto o Airsoft existir para ele.

É necessário você entender que o que estou tentando descrever aqui não é uma receita de bolo, não é exatamente assim que ocorre e também eu não sei quando ocorre durante todo o processo do Airsoft essa ruptura, sei por que eu vejo, vejo nas cidades vizinhas, vejo na minha cidade com outros microgrupos.

São só pensamentos que deram certo para mim, aqui divido o pouco que eu sei, no intuito de ajudar.