A receita do 90/10

A receita do 90/10 – 90% relacionamento (amizade) e 10% Airsoft.

*10% Airsoft – 90% Amizade*.

Para explicar essa ideia…

As pessoas que tem uma vivencia maior em suas áreas costumam desenhar, desenvolver teorias próprias que na maioria das vezes não passam de uma simples vivencia, que é um pouco mais acentuada que elas têm de um determinado assunto, essas teorias geram “gráficos” que apresentam “porcentagens”, isso claro sem ir para o papel, só uma forma metafórica de explicar.
Quais os benefícios dessas experiências são gerados? Quais são absorvidos? E quais as sensações que isso traz? Enfim… Esta escrito em algum texto da psiquiatria/psicanalise que “nenhum homem é uma ilha”, que ninguém é autossuficiente, e sendo assim precisa estar em equilíbrio correto do convívio social e é verdade.

Ao dizer que o Airsoft é *90% amizade*, eu quero dizer que o universo Airsoft é um detalhe… Se você já esta inserido dentro do contexto vai perceber que essa afirmação é verdadeira, simplesmente porque você passa a fazer parte de um grupo de pessoas que tem uma preocupação “real”, ai você vai dizer que a sua família é assim, ok entendo, porem, o que eu quero dizer é que não se trata de laços de sangue reais e sim de laços fraternos que são gerados na verdade por uma famosa terminação *“irmãos de armas”*, sem as armas de verdade, mas o espirito disso esta em fraternidade e é isso que gera essa sensação de irmandade tão forte, sem aquele teor de interesse por trás é somente a amizade verdadeira.

Como todo grupo social, temos que entender conviver e aceitar o diferente? Sem ser tendencioso aqui; *claro que sim!!* Desde que ele próprio se aceite e aceite as nossas diferenças e de certa forma se encaixe em nossa micro sociedade, mas no geral os Leões atraem Leões, as hienas se juntam com as hienas, porcos convivem entre si e assim por diante, não existe segregação e nem deve, é a natureza que se encarrega de separar os grupos por sua própria cadeia alimentar, existência, e a convivência deve ser pacifica.

As operações/jogos tem grande importância, mas a convivência a amizade, tem absolutamente muito mais e vou provar aqui essa ideia.

Saímos de uma operação/jogo/treinamento às 12:00 horas no domingo e mesmo no domingo a tarde geramos mais de 100 mensagens só falando sobre isso e se não escrevermos de certa forma qualquer que seja a sensação, nós estamos lendo, dai nós passamos a semana nos preparando para o domingo, preparamos nosso layout e nosso loadout, acertamos nossas AEGs e nossas GBBs, acertamos detalhes do radio no colete, lanternas, capacete, enfim, trocamos informações todos os dias nas redes sociais e traçamos altas estratégias, falamos de Airsoft a maioria do tempo na semana. Mas falamos também de nossa vida pessoal, de nossos sonhos, vontades, de nossos projetos pessoais de nosso trabalho, de nossas alegrias, dividimos aqui a nossa vida e expomos ela de forma aberta, porque confiamos uns nos outros, pedimos ajuda e sempre e na maioria das vezes somos socorridos, buscamos um amigo pra falar algo mais serio, para chorar uma perda ou melhor uma conquista, assim seguimos.
Estamos sempre olhando equipamentos na internet em diversos sites, e sempre, sempre, sempre presentes nas paginas e comentários dos nossos irmãos nas redes sociais, no nosso caso nos 22 grupos que o Grim Reapers tem no Whatsapp de diversos esquadrões, de assuntos variados de informações em geral, de convivência… O que é isso? *AMIZADE E CONVIVENCIA SOCIAL*.

E de novo o domingo chega… E quando chegamos a nossas bases com nossos equipamentos, o que fazemos?… Antes de qualquer coisa, de se trocar, de por para fora do porta malas todo aquele aparato que vc gastou uma fortuna e esperou um tempão para chegar, “o que você faz de forma inconsciente” mas com um prazer e um sorriso que vai dos lábios aos olhos? Nós vamos abraçar aquele amigo que há tempos só vemos por fotos ou por mensagens no nos nossos grupos, que estava em viagem e não podia vir operar, que estava em escala de trabalho e não podia aparecer que estava com o filho doente e não podia vir, e se alguém não chegar e cobrar para irem se aprontar para a operação ficamos ali de bate papo com um prazer enorme dividindo nossas experiências nossas vitorias e angustias, as vezes parece que o tempo passa mais rápido porque a hora voa e não temos o tempo que gostaríamos para ficar ainda mais batendo papo e dando risada.

E vem a operação, dez minutos e pronto, “morto, morto, morto”, vamos para onde? Safezone, e lá trocamos mais ideias, sobre como fazer uma operação melhor, onde comprar equipamentos, sobre como o fulano opera/joga certo ou de forma errada, ou como o time XX do é fantástico, outros tiram sarro dos novatos, os chamando de mulambos de sem floresta, pois ainda não adquiriram seus equipamentos e assim ate recomeçar a próxima operação.

O Airsoft tem lugar para todos, para aqueles que jogam somente em finais de semana, para aqueles que tem equipamentos super sofisticados e muito caros, para os mais humildes que levam dois anos pra se equipar, para aqueles tem mais comprometimento, e para aqueles que tem menos comprometimento.
Tem lugar para os “hicaps”, para os “midcaps”, para o milsim, para o real action, tem lugar para as faixas, tem lugar para divisão por fardas, tem lugar para bandeiras, tem lugar… temos muito espaço…

Todo esporte tem seus “jurados”, que ficam julgando o loadout e equipamentos dos demais…, tipo o esquadrão da moda… Todo esporte tem seus “comentarista esportivo” que ficam analisando dando palpite nas regras dos eventos, das missões do time, e por falar em regras… Uns tem de mais, outros tem de menos, e outros nenhuma…, não se tratam de selvagens, na verdade me corrigindo são tão apaixonados ou mais que nós porque mesmo sem informação sem direcionamento e sem regras eles se esforçam pra criar a imagem que veem vindo das nossas fotos e vídeos, e tem espaço pra eles também, basta paciência.

E o que é tudo isso? Amizade e convivência social… Airsoft… O que é Airsoft…? Cada um tem uma resposta na ponta da língua…

A minha é simples…
O Airsoft é um esporte um hobby uma paixão, um estilo de vida, uma opção, a porta de entrada de um universo de aventura e adrenalina, treinamento profissional, soldados de verdade construídos através de uma brincadeira, um treinamento onde na verdade todo o resultado que você obtém brincando feliz e sorrindo, é real, e pode ser útil e para a sua vida toda. No Airsoft assim como em muitos esportes que geram resultados existem essas percepções, cada um tem a sua, porem elas são bem parecidas no final.

Por mais que você faça parte do grupo dos que treinam muito e são coadjuvantes em treinamentos com forças de segurança como a PMESP ou PF, ou daqueles que não treinam nada, os fins e os meios são os mesmos, os objetivos são na verdade bem próximos.

Baseado em todos esses pontos acima descritos eu chego a seguinte conclusão:

*Airsoft é 10% de toda a receita em si, e o restante, os 90% convivência, amizade*, e o que é conviver…? Bom, conviver dentre inúmeras coisas é ser tolerante, que é entender e respeitar o diferente, é saber escutar, ter paciência para ensinar o que você aprendeu, é saber doar e receber, ter equilíbrio para lidar com os diversos tipos de personalidades que ali coexistem com vc.

O Airsoft tem lugar para todos?

Muitas equipes gastam dinheiro e tempo fazendo marketing na internet para aparecer, para serem vistas como as maiores, as mais técnicas com maior conhecimento essas equipes se acham as melhores, “Nossas equipes são irmandades”, “somos parceiros”, “somos os famosos”, “somos únicos”… e vem as brigas os rachas o rancor as magoas e as separações e criam-se novas estruturas que nascem com alguns poucos operadores perdidos no meio da fumaça da guerra das vaidades daqueles que deveriam sim guiar seus amigos na direção de algo maior, de um universo airsoft com mais aventura e menos novela mexicana trágica. Existem outras as que treinam mais, as que tem os equipamentos mais sofisticados, as que só aceitam empresários, as que dizem ser as maiores do Brasil, as que dizem ser representantes de equipes reais como SEALS etc. lá de fora, e quer saber? tanto faz se são ou não são, o que vale é que dentro do imaginário do grupo deles eles são e isso faz o grupo feliz, estão no caminho? estão arrasando? tanto faz, não existe poder na ilusão, que sejam felizes no Airsoft, e que um dia possam dar um passo na direção que seja correta e fazer deste esporte algo que ajuda as pessoas.

Vaidade, arrogância, poder… não existe poder real em nada disso, as armas são de brinquedo, brinquedo de gente grande. Chego a um momento que tenho plena certeza que só o auxilio e acompanhamento de um psiquiatra que já publicou inúmeros livros sobre analise e psique humana poderia explicar tudo isso.

Fico feliz em pertencer a uma equipe antiga, que, apesar de todos os problemas que já passou, de todas as diferenças, de todas as dificuldades conseguimos implantar uma convivência madura e saudável, conseguimos auxiliar as pessoas próximas, demos uma cara e uma estrutura a equipe, evoluímos, crescemos, deixamos a vaidade que persegue nosso caminho de lado e usamos a receita do 90/10%, não fomos para fora da internet fazer propaganda forte, só mostramos nossa historia nossas fotos não ficamos brigando com outras pessoas em fóruns e nem em jogos regionais, aprendemos a cuidar da nossa existência e da nossa vida e assim seguimos em frente crescendo a nossa maneira, certa ou errada como disse, tanto faz, o importante é que somos felizes assim.

Antes eu achava que apesar de tudo o Airsoft era somente um jogo, não se trata mais de somente um jogo, trata-se de responsabilidade social, de um estilo de vida de um vinculo que é criado e mantido, desenvolvido e fortificado onde a minha atitude dentro da semana na convivência e meu comportamento durante a operação vai garantir todo o divertimento e o convívio social dos meus “irmãos em armas”.

É essa a receita do sucesso do GRO, a receita do 90/10 – 90% relacionamento (amizade) e 10% Airsoft.

GRO NEVER STOP!!